Coleta de mercadoria

transporte de cargas

A coleta de mercadoria é um dos processos iniciais do processo logístico, e faz toda diferença, sobretudo, para cumprir o prazo da entrega.

Vender pela internet é caminho sem volta para muitos empreendedores. Não importa o tipo de produto que comercialize, utilizar plataformas online para apresenta-lo é assertivo, eficaz e com custos acessíveis.

Contudo, a logística para enviar as mercadorias vendidas é uma preocupação de muitas marcas. E felizmente a prestação de serviço tem sido cada vez mais eficiente.

O serviço de coleta de mercadoria é ponto de partida, e contar com uma empresa que atenda suas demandas, será um ponto forte com seus clientes.

O que é a coleta de mercadoria?

Basicamente, é o ato de recolher produtos de um ponto, que será transportado e entregue em outro (destino). A prática não difere muito desse conceito, porém, existem detalhes essenciais que é necessário conhecer.

Inicialmente, após finalizar a venda de um produto que será entregue em outra cidade ou estado, o vendedor (embarcador) contratará uma transportadora para realizar o envio.

Ao embarcador cabe determinar os procedimentos da coleta de mercadoria, como determinar, por exemplo, a entrega na área de expedição de uma Ordem de Coleta.

Esse é um documento elaborado pela emitido pela transportadora, que apresentará no momento que vai carregar os produtos vendidos.

Também pode ser descrito na ordem de coleta o trajeto da carga, além dos modais que a serem realizados até o destino (rodoviário, aeroviário, etc.).

A empresa vendedora fica responsável pela emissão de nota fiscal (NF), bem como informar corretamente o endereço de entrega.

No momento do carregamento é fundamental que ocorra:

  • A conferência quantitativa que se baseia pela contagem dos itens descrito no pedido, bem como na NF. De forma alguma as mercadorias podem ser liberadas sem esse tipo de conciliação.
  • A conferência qualitativa que foca na conservação do produto, na verificação de possíveis avarias, ou se está condicionado de acordo com suas especificações.
  • Se a especificação da mercadoria é a correta, conforme descrita na solicitação de coleta.
  • Se os preços das mercadorias são iguais ao da nota.
  • A unidade confere (Kg, litro, tonelada, etc.).
  • Se a embalagem utilizada é a ideal para o transporte.


O transportador precisa ter um profissional preparado para identificar estes requisitos durante a coleta de mercadoria. E reportar qualquer equívoco antes de seguir viagem.

As obrigações da transportadora

A coleta de mercadoria é realizada num armazém, depósito ou diretamente do estoque do embarcador. E depois de cumprida as exigências iniciais, conforme listadas acima, o trabalho do transportador é essencial para o produto ser entregue.

Normalmente, é feita pelo modal rodoviário, ou seja, o transportador envia um veículo até o ponto de carregamento, e posteriormente segue para um aeroporto ou porto, por exemplo.

Os requisitos que a transportadora tem de cumprir são:

1 – Enviar um veículo adequado

Caminhão baú, carroceria aberta, furgão… são vários os modelos de veículos utilizados no transporte rodoviário. A escolha é de acordo com o tipo de produto vendido.

O imprescindível é que o transportador compareça no dia da coleta com o veículo contratado.

Vale dizer que para cargas pesadas, por exemplo, se a fiscalização identificar que a carreta não é a indicada, a mercadoria fica retida até substituição do equipamento. Então, escolha um fornecedor que tenha condições de atender suas demandas.

2 – Registro na ANTT

O transportador tem de estar em dia com suas obrigações legais, e uma das principais é sua autorização emitida pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Sem esse documento a empresa não pode circular pelas estradas brasileiras.

As documentações do motorista e do veículo também precisam estar atualizadas. Esse é um dos critérios de segurança indispensáveis, para garantir que sua mercadoria chegue no destino.

3 – Documentos do transporte

A transportadora precisa ser habilitada para emitir o Conhecimento de Transporte Rodoviário (CTR), documento exigido nas barreiras fiscais, e que expressa os valores de frete e outros dados.

A legislação é diferente em cada estado, então existe a possibilidade de se exigir ao transportador a ordem de coleta de mercadoria e o romaneio.

4 – Rastreamento

Outro ponto indispensável, atualmente, é o rastreamento da encomenda. A transportadora deve liberar recurso para que tanto o embarcador quanto o cliente final, acompanhem o andamento da entrega.

O que acontece após a coleta de mercadoria?

Depois que efetuou sua venda online, por exemplo, e tudo já foi coletado, a transportadora assume a responsabilidade sobre a integridade e transferência da mercadoria.

Transportadores multimodais, sobretudo, conseguem elaborar uma rota ágil para que o produto chegue no tempo estimado em seu site.

É bem provável que necessite da confirmação do recebimento em tempo real. Por isso, deve contratar uma transportadora com recursos tecnológicos para informar logo que o pedido for entregue ao cliente final.

Quem precisa de coleta de mercadoria

O leque de empresas que necessitam desse tipo de serviço é grande, desde pequenos comerciantes até indústrias multinacionais. Assim, temos:

  • Varejistas em geral;
  • Atacadistas;
  • Produtores rurais;
  • Indústrias em geral;
  • Transportadoras que desejam sublocar cargas fracionadas;
  • Prestadores de serviço.


A coleta de mercadoria também pode ser contratada por Pessoa Física que precise enviar um objeto, por exemplo, para uma outra cidade ou estado.

Contudo, em todos os casos é preciso conhecer bem:

  • A natureza do produto, para ter condições de solicitar o veículo adequado;
  • Conhecer dimensões e peso da carga;
  • A base para calcular o frete é sempre distância x volume;
  • Passar com clareza os dados do cliente final.


Ter todas as informações garante a agilidade, e consequentemente, vai cumprir os prazos definidos.

Diferenciais de uma transportadora

Aqui separamos dicas que vão te ajudar na escolha da empresa que vai fazer a coleta de seus produtos, são elas:

  • Ter frota própria, diversificada e em bom estado de conservação;
  • Ser multimodal;
  • Garantir rastreamento 24 horas, além de ter controle de velocidade para aumentar a segurança da carga;
  • Motoristas treinados;
  • Veículos com manutenções preventivas em dia;
  • Capaz de dar ágeis feedbacks.


A Somerlog reúne esses atributos. Transportamos diversos tipos de produtos (para todos os segmentos), e contamos com equipe treinada. Solicite agora orçamento para sua coleta de mercadoria.

Entre em contato

Nossos serviços